Bombas Hidráulicas

De acordo com a portaria do Inmetro nº 455/2010 as bombas e motobombas centrífugas desde julho/2014 só deverão ser comercializadas no mercado nacional após o processo de etiquetagem junto ao Inmetro.

A portaria abrange:

  • Bombas mancalizadas e motobombas (bombas monobloco) hidráulicas de fluxo;
  • Quanto à forma do rotor: centrífugas;
  • Quanto à entrada de fluido no rotor: simples sucção e dupla sucção;
  • Quanto à posição das pás no rotor: rotor fechado, rotor aberto e rotor semi-aberto;
  • Quanto ao nº de rotores em uma mesma carcaça: monoestágio e multiestágio;
  • Quanto à posição da bomba: eixo horizontal e eixo vertical;
  • Quanto à potência motriz: bombas hidráulicas de fluxo mancalizadas acionadas por motores elétricos monofásicos até 15 cv e por motores elétricos trifásicos até 25 cv;
  • Motobombas hidráulicas de fluxo acionadas por motores elétricos monofásicos até 15 cv e por motores elétricos trifásicos até 25 cv;
  • Quanto à refrigeração do motor elétrico de acionamento: motores elétricos refrigerados a ar.
Documentos regulamentadores:

➢ Portaria n.º 455, de 01 de dezembro de 2010;

➢ Atas de reuniões realizadas entre os fabricantes/importadores, Inmetro e Eletrobras/Pocel;

 

Para obter a portaria na Integra acesse:   http://www.inmetro.gov.br/legislacao/detalhe.asp?seq_classe=1&seq_ato=1633

A J.C. Assessoria pode ajudar você a certificar seus produtos.

Para mais informações entre em contato conosco.